Isso mesmo, empresas são organismos vivos e exigem constante reflexão. Sejam públicas ou privadas, necessitam manter atitude de aprendizado frente mudanças e desafios.

Com as mídias sociais não é diferente, elas trabalham em ambientes de relacionamentos e essa nova forma de interagir afeta pessoas e organizações, desafiando estruturas tradicionais de comunicação. Novos espaços são criados com o intuito de atender necessidades de consumidores cada vez mais informados e exigentes. Sim, empresas que almejam sucesso devem pensar no assunto. A sociedade muda e a expansão das mídias sociais está apenas começando.

Seus consumidores estão na rede, comentando, discutindo e participando. E sua empresa, onde está? Segundo a pesquisadora Danah Boyd, “vivemos a economia da atenção digital, que exige das organizações diálogo, interação e criatividade e, da comunicação, mais relevância. As marcas que aproveitarem os novos espaços conseguirão gerar ressonâncias e lealdades duradouras”.

É importante entender que, o que é dito ou mostrado nas mídias sociais tem impacto imediato na reputação da empresa, que por sua vez passa a não ter mais o controle total das informações. Dai a importância de um gerenciamento adequado e em consonância com as estratégias da empresa.

Boyd compartilha de cinco pontos para se conquistar os consumidores da era digital:

1. O contato pessoa-a-pessoa é mais eficiente que pessoa-empresa, o que deve levar às organizações a investirem em porta vozes da marca.

2. Crie um ambiente em que os consumidores possam palpitar à vontade.

3. Conheça os perfis e preferências dos consumidores de sua marca, pois quanto maior o número de informações, melhor a interação.

4. Aposte em um nicho de mercado; não envie notícias de um produto para quem não teria interesse em comprá-lo.

5. O boca-a-boca é um instrumento poderoso nas mídias. Se alguém começa a falar de sua empresa, é bem provável que o comentário se alastre rapidamente.

É inegável, as mídias sociais não são “chuvas de verão”, elas vieram para ficar. Se sua empresa ainda não explora essas ferramentas, pense no assunto. A perenidade de seu negócio será impactada pela visão que você tem do amanhã. Vale refletir.

Comentários